Logo Construtora quila Contato por e-mail Fale com um corretor

Não tem FGTS? Veja os 5 Passos para você financiar sua casa sem FGTS

O sonho da casa própria também é possível àqueles que não possuem FGTS.

casa-imóvel

 

Embora o benefício possa representar grande vantagem na hora da contratação do crédito, já que serve como uma entrada ou mesmo abatimento no valor total do financiamento, aqueles que não contam com o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço podem contratar um financiamento imobiliário normalmente.

 

Conheça o procedimento para financiar um imóvel sem o FGTS.

  1. Simulação
  2. Documentação
  3. Avaliação do crédito
  4. Avaliação do imóvel
  5. Assinatura do contrato

1. Simulação

O financiamento imobiliário deve ter início a partir de diversas simulações, adequando renda e valor do imóvel às prestações que se pretende pagar. Alguns simuladores já disponibilizam um campo para marcar a opção de utilização do FGTS.

O simulador da Caixa Econômica Federal, por exemplo, apresenta um campo para aqueles que possuem 3 anos de trabalho sob regime do FGTS. Se este não é o seu caso, basta deixar o campo em brando e continuar a simulação.

2. Documentação

Os documentos solicitados são imprescindíveis para a contratação do financiamento, já que comprovam a capacidade econômica da família de cumprir tudo o que foi definido através da simulação, possibilitando a aprovação do crédito através da avaliação no passo seguinte.

Aqueles que contratam o financiamento imobiliário sem a utilização do FGTS não precisam apresentar documentos complementares referentes.

3. Avaliação do crédito

Este é o momento de informar que não pretende utilizar o FGTS no financiamento. A utilização do fundo é uma forma de ajudar a diminuir o valor financiado, amenizando as parcelas, mas o crédito pode ser contratado normalmente sem o benefício.

A avaliação do crédito consiste em verificar se o solicitante está apto a assumir a dívida do financiamento, analisando possíveis restrições junto aos órgãos de proteção ao crédito, além da comprovação da renda informada.

4. Avaliação do imóvel

Estando aprovada a análise de crédito, o banco ou financeira agendam uma vistoria no imóvel que se pretende adquirir, enviando um engenheiro que ateste o valor cobrado e as condições do bem.

5. Assinatura do contrato

Com todas as etapas anteriores concluídas, a assinatura do contrato é agendada e o comprador é responsável por levar o contrato assinado ao cartório para registrá-lo, devolvendo posteriormente à instituição.

Feito isto, o crédito é liberado para que o vendedor do imóvel possa ser pago.